Chevrolet Equinox Premier 2018

Chevrolet Equinox

Marca/Modelo

149.900 / 150.900

Versão Base / Versão Testada

468 Litros

Bagageiro

5

Ocupantes

9

Overview

O Chevrolet Equinox Premier chega com bom preço inicial e boa lista de equipamentos de série. Surpreende a performance, culpa do bom casamento entre o motor 2.0 turbo de quatro cilindros e a transmissão automática de 9 marchas.

Encontre o carro ideal para o seu bolso!

Avaliação: Chevrolet Equinox Premier

Com preço competitivo (R$ 149.900), bom desempenho e lista de itens de série recheada, SUV chega para desafiar rivais

WM1 / 20/10/2017 às 12:00

Ponto a Ponto

Score

O Chevrolet Equinox Premier vai bem em todos os itens, especialmente custo-benefício (preço inicial competitivo e lista de equipamentos recheada) e performance (motor 2.0 turbo de quatro cilindros e câmbio automático de 9 marchas) que surpreende pela entrega de performance 'ok' com 'elegância'.
9.1

Média opinião do dono

Ser uma referência no efervescente segmento de SUVs. Este é o objetivo da Chevrolet com a chegada do Equinox, lançado na noite de quinta-feira (19) em São Paulo. E, podemos garantir, potencial para isso podemos afirmar que potencial para isso tem, afinal, nós do WM1 já aceleramos o modelo na pista de provas da General Motors, em Indaiatuba (SP). Confira a avaliação completa!

Não é preciso entrar no Equinox para ficar impressionado. Basta analisar o custo-benefício para ver que competitivo o Chevrolet é! Oferecido em versão única Premier, que estreia no SUV, mas passará a ser a versão topo de linha de todos os modelos da marca no lugar da LTZ, o Equinox custa R$ 149.900. Sem opcionais, com exceção da pintura – são cinco cores disponíveis, com valores de R$ 1.000 ou R$ 1.700.

Por este valor, o Chevrolet traz – além do motor 2.0 turbo de quatro cilindros e transmissão automática de 9 marchas – ar-condicionado de duas zonas, direção elétrica, seis aribags (duplo frontal, laterais e de cortina), ISOFIX para fixação de cadeirinha infantil, bancos revestidos em couro, assento do motorista com ajustes elétricos e memória, coluna de direção com regulagens de altura e profundidade (manuais), central multimídia com tela de 8 polegada sensível ao toque e compatível com Android Auto e Apple CarPlay, rodas de liga leve de 19 polegadas ‘calçadas’ com pneus P235/50 R19, sistema de som Bose, serviço de concierge OnStar (pacote completo), auxiliar de estacionamento para vagas transversais e longitudinais, abertura elétrica do porta-malas e limitador e controlador de velocidade.

Destaque especial para o pacote de segurança do Equinox. Além dos airbags e dos freios a disco nas quatro rodas com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem), o SUV tem câmera de ré, sensores dianteiro e traseiro, alerta de colisão frontal, alerta de movimentação traseira que avisa o motorista, por meio de alerta sonoro e vibração no banco (se algum objeto está passando enquanto tira o Equinox de uma vaga de supermercado, por exemplo), alerta de objeto no ponto cego, alerta de distância do carro à frente, assistente de permanência na faixa de rolagem (caso o carro comece a sair sem que o motorista tenha dado seta, o sistema vibra o volante e atua trazendo o veículo de volta para a faixa – atenção: não é um sistema de condução autônoma!)

De todos os recursos, no entanto, o mais interessante para papais e mamães é o alerta de esquecimento de objetos ou crianças no banco traseiro. Ao abrir uma das portas traseiras, o recurso supõe que algo ou alguém foi colocado no banco traseiro. Ao chegar no destino e desligar o veículo, um aviso é mostrado no painel de instrumentos alertando para a possibilidade de ter algo (uma bolsa, por exemplo) ou alguém (um bebê) no banco traseiro.

Não é preciso entrar no Equinox para ficar impressionado. Basta analisar o custo-benefício para ver que competitivo o Chevrolet é!

MAS VAMOS ACELERAR...

Ok, o custo-benefício do Equinox já se mostrou interessante e competitivo. No entanto, será que o Chevrolet roda legal? As expectativas eram modestas. Estamos falando de um cara que tem 4,65 metros de comprimento, 1,84 metro de largura e 1,69 metro de altura. Praticamente certo que vai ser bem mais ou menos. O SUV, no entanto, volta a surpreender com uma agilidade interessante entregue de maneira ‘elegante’. “Como assim elegante?”, você deve estar se perguntando. Explicamos...

O motor 2.0 Ecotec turbo de quatro cilindros – o mesmo que equipa o Camaro nos Estados Unidos – tem interessantes 262 cv de potência, mas agrada mesmo é pelo torque de 37 kgf.m a partir de baixas rotações, que atrelado ao câmbio automático de 9 marchas deixa o Equinox sempre pronto para uma boa retomada, se necessário. E é aqui que entra a palavra ‘elegante’, pois esta saúde extra para, digamos, efetuar uma ultrapassagem, é entregue de maneira intensa e linear. Não em forma de uma ‘pancada’, como em alguns SUVs de seis ou oito cilindros. Até mesmo as trocas de marchas, quando buscamos este máximo de performance, conseguem ser suaves e quase imperceptíveis, quando acontece quando estamos apenas levando a família para passear. Incrível como a Chevrolet sintonizou de maneira harmônica performance e conforto.

Importante dizer que parte desta sagacidade do Equinox está no peso. Com 1.693 kg, o Chevrolet se revela relativamente leve para um utilitário esportivo do seu porte. Não é uma ‘pluma’, mas está longe de sofrer com a ‘balança’ como alguns de seus concorrentes.

Gostamos muito do comportamento do Chevrolet nas curvas. Sendo tração dianteira (4x2)  – apesar de ter a opção AWD (tração integral), selecionada por meio de um botão no console central para rodar em estradinhas de terra batida, nada de off road (pelo amor de Deus!)

O ajuste da suspensão também me chamou demais a atenção – independente nas quatro rodas, sendo McPherson na dianteira e 4-link na traseira. Esperava algo molenga acima do aceitável, como era o Captiva V6. Mas não! O comportamento mostrou-se mais para o firme, sem deixar de ser ‘soft’. As imperfeições do asfalto são absorvidas com facilidade e mesmo abusando em algumas crateras na pista de provas da Chevrolet em nenhum momento os amortecedores deram fim de curso (batida seca). Nas curvas e frenagens mais fortes, a carroceria inclina leve e sem exageros, algo comum para um carro com centro de gravidade ‘lá no céu’, como o Equinox.

Gostamos muito do comportamento do Chevrolet nas curvas. Sendo tração dianteira (4x2)  – apesar de ter a opção AWD (tração integral), selecionada por meio de um botão no console central para rodar em estradinhas de terra batida, nada de off road (pelo amor de Deus!) -, há muito equilibro na entrada das curvas, sem sinais de saídas de frente, como seria natural. E este equilíbrio é comprovado pelo fato de os controles de tração e estabilidade (itens de série) praticamente não atuarem. Somente uma ou duas vezes, quando realmente passamos do limite, a eletrônica deu o ar da graça – e com bastante intensidade...

PARA A FAMÍLIA

O Chevrolet Equinox é um carro para a família – nada de casais jovens sem filhos. Por fora, como falamos antes, o SUV é grandalhão e impõe respeito. Por dentro, no entanto, não chega a ser aquele latifúndio que sugere. Porém, com distância entre os eixos de 2,72 metros, há espaço agradável para levar até três pessoas no banco traseiro – ponto positivo para o duto traseiro curto, o que atrapalha menos aquele que sempre leva a pior e viaja na posição central (normalmente o mais catatau da galera).

O acabamento não faz feio de acordo com o ponto de referência. Em termos de design, o Equinox é muito parecido com os modelos da família Cruze – tanto o sedan quanto o hatch. A diferença é que a qualidade dos materiais e, principalmente, da montagem colocam o SUV alguns degraus acima. Os encaixes das peças não apresentam folgas, como no Cruze. Poderia apenas usar menos cromado...

CUSTOS DE SEGURO E MANUTENÇÃO

De acordo com a Chevrolet, o custo das revisões periódicas até 60.000 km custa R$ 3.132, valor realmente competitivo quando comparado à concorrência. Já o seguro, cotado de acordo com o Autocompara, teve valores bem divergentes para o perfil de homem, 35 anos, morador da Zona Norte de São Paulo. Na seguradora mais em conta o valor foi de R$ 7.400 e na mais salgada, R$ 22.750! As franquias variaram de R$ 5.000 a R$ 10.000.

VÍDEO

CONCLUSÃO

Vai fazer barulho! O Chevrolet Equinox chega com algo que o consumidor de SUV busca: custo-benefício atraente, afinal, opções não faltam. Destaque para o pacote de equipamentos de segurança. O desempenho também é interessante, assim como o espaço interno. Sua briga será pesada, principalmente com Jeep Compass (por conta do preço), Peugeot 3008 (por conta do design), Honda CR-V (por conta da solidez da marca) e até com as versões de entrada do Audi Q3 (por conta do status). Vamos ver.

PowerTrain
PowerTrain

PowerTrain

Desempenho
Desempenho

Desempenho

Dimensões
Dimensões

Dimensões

Dinâmica
Dinâmica

Dinâmica

Capacidades
Capacidades

Capacidades

Motor
2.0 16V Ecotec / Turbo / 4 cilindros
Câmbio
Automático de 9 marchas
Potência
262 cv (G)
Torque
37 Kgf.M (G)
Powertrain
Modelo é equipado com motor 2.0 Ecotec Turbo de quatro cilindros (injeção direta de combustível) e transmissão automática de 9 marchas.
Aceleração 0 a 100 Km/h
7,6 km/l (G)
Consumo Cidade
8,4 km/l (G)
Consumo Estrada
10,1 km/l (G)
Velocidade máxima
210 km/l (G)
Desempenho
Consumo é de 8,4 km/l na cidade e 10,1 km/l na estrada. Aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 7,6 segundos e a velocidade máxima é limitada a 210 km/h.
Dimensões
São 4,65 metros de comprimento e 2,72 metros de distância entre os eixos.
Dinâmica
Suspensão independente e freios a disco nas quatro rodas. E rodas de liga leve de 19 polegadas.
Porta Malas
468 Litros
Tanque de Combustível
59 Litros
Ocupantes
5
Carga útil
507 kg
Capacidades
Porta-malas tem capacidade para 468 litros.