Ford Ranger Raptor segredo

Nova geração da Ford Ranger terá versão Raptor

Picape média vendida no Brasil muda em 2019, quando chega versão de alto desempenho inspirada na F-150 Raptor

WM1 / 26/06/2017 às 19:30

Uma das principais atrações da Ford no Salão do Automóvel do ano passado, além do Mustang, foi a grandalhona F-150 Raptor, que chamou a atenção pelas suspensões de rali, pelas rodas gigantes de 17 polegadas calçando pneus todo- terreno e pelo motor 3.5 V6 biturbo de 456 cv de potência e 70,5 kgf.m de torque, enviados, evidentemente, para as quatro rodas.

A Raptor foi apenas um “show car” na exposição, sem planos de importação oficial pela Ford para o Brasil, embora possa ser encomendada com a importadora independente DPR Trading pelo valor aproximado de R$ 500 mil. No entanto, a nossa conhecida Ranger vai ganhar uma versão Raptor, embora não saibamos dizer ainda se existem planos dessa configuração um dia ser vendida aqui.

A prova de que a Ford está dando duro para desenvolver a Ranger Raptor são as imagens que você confere aqui, de um protótipo, ainda  basrante camuflado, rodando na pista de testes da montadora em Dearbord, onde fica a sede mundial da fabricante, perto de Detroit, em Michigan (EUA). Essas imagens foram produzidas pela parceira "Automedia”.

A Ranger vai ganhar nova geração em 2019 e voltar a ser vendida no mercado norte-americando, para concorrer com picapes medias como Chevrolet Colorado (a nossa S10) e Toyota Tacoma, que já contam com versões mais parrudas para encarar trilhas pesadas longe do asfalto.

A impressão de que o protótipo flagrado é mesmo de uma Ranger Raptor é reforçada pela dianteira mais agressiva na comparação com as unidades de teste da nova geração forografados recentemente e, como na F-150, deverá trazer para-lamas alargados, suspensões mais robustas e altas, pneus especiais e um motor mais forte – que pode ser uma versão "amansada”do 3.5 V6 utilizado na F-150 Raptor ou o mais compacto 2.7 V6 turbo, já disponível para a “irmã maior", que entrega 330 cv e 51,84 kgf.m. Como na F-150, a nova Ranger terá a opção de câmbio automático de dez marchas.

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas