Toyota Camry

Novo Toyota Camry é apresentado em Detroit

Carro (não veículo) mais vendido dos EUA ganha visual esportivo, mas não se rende ao movimento dos motores turbo

WM1 / 09/01/2017 às 22:00

A Toyota apresentou no Salão de Detroit, nesta segunda-feira (9), a nova geração do Camry. O modelo mudou completamente, ganhando um visual mais esportivo sem abandonar as linhas clássicas que o tornam um sucesso. A geração anterior foi lançada em 2011 e repaginada levemente em 2014. Já estava na hora de mudar...

Carro mais vendido dos Estados Unidos por 15 anos consecutivos – só não é o veículo mais vendido, pois as picapes grandes dominam o mercado norte-americano há anos -, o Camry terá três opções de motores na ‘Terra do Tio Sam’, nenhum, no entanto, turbo – contrariando uma tendência do mercado.

A oitava geração do Camry terá um propulsor 2.5 de quatro cilindros, uma segunda configuração 3.5 V6 – os dois com transmissão automática de oito marchas – e, como manda manual dos modelos da Toyota, uma terceira híbrida, mesclando propulsores 2.5 a combustão e outro elétrico – este conjunto está atrelado a um câmbio CVT.

Internamente, o Toyota também evoluiu bastante, trazendo, assim como o design externo, uma configuração mais esportiva. Os materiais utilizados são mais agradáveis ao toque e o encaixe das peças estão impecáveis. Agora, a central multimídia tem tela de 8 polegadas sensível ao toque.

Não há informações se o novo Camry será comercializado no Brasil. Apesar de não ser um veículo de volume, a Toyota sempre o comercializa em solo tupiniquim. Por isso, não se surpreenda se entre o final de 2017 e início de 2018 o sedã chegue ao mercado brasileiro.

Jogador de futebol frustrado, resolveu ser jornalista para escrever sobre tudo que tivesse motor, fizesse (muito ou pouco) barulho e fosse possível de pilotar. Aficionado por superesportivos e clássicos, pensa agora acelerar também sobre duas rodas...

Matérias relacionadas