vw-polo-2018-06

VW revela novo Polo, cada vez mais 'baby Golf'

Sexta geração do hatch, que também chega ao Brasil com fabricação nacional, ficou maior e mais sofisticada

WM1 / 17/06/2017 às 06:30

Depois de muita espera, a sexta geração do Polo foi revelada hoje (16) durante evento em Berlim, na Alemanha. Construído sobre a plataforma MQB A0, uma versão encurtada da base global do Grupo Volkswagen usada em modelos diversos como o Golf, o hatch compacto premium ficou maior, com 4,053 m de comprimento, 1,751 m de largura, 1,446 de altura e 2,564 m de distância entre-eixos. A título de comparação, a geração anterior mede, respectivamente, 3,972 m, 1,682 m, 1,453 m e 2,47 m. Além disso, a capacidade do porta-malas cresceu de 280 litros para 351 litros, um incremento de 25%.

Ns Europa, o novo Polo começa a ser entregue nas concessionárias em janeiro e deve chegar na mesma época aos clientes brasileiros, com fabricação nacional e características específicas para nosso mercado, especialmente em relação a motores e câmbio. Aqui, o hatch e sua versão sedã foram descontinuados em 2015, quando estavam ainda na quarta geração. Depois da chegada do Polo ao Brasil, no país ele vai dar origem a um sedã chamado Virtus, a um SUV posicionado abaixo do Tiguan e a uma picape médio-compacta (leia mais abaixo).

Visualmente e estruturalmente, o modelo se parece como nunca como uma versão mais compacta do Gol e seu design é uma evolução daquele observado na quinta geração, com carroceria notadamente mais larga e capô mais elevado. Lanternas, faróis e piscas dianteiros contam com iluminação de LEDs.

Por dentro, as mudanças são ainda mais significativas, exibindo acabamento caprichado, com materiais de boa qualidade por todos os lados, e muita tecnologia embarcada, emprestada do “irmão maior” Golf: na Europa, dependendo da versão, ele pode ser equipado com controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência, detector de ponto cego, nova central multimídia com tela tátil de oito polegadas e painel totalmente digital e configurável, já presente no Golf e em quase todos os modelos da Audi, a marca premium da Volks.

Quanto aos motores, o Polo 6 terá à disposição desde motor 1.0 aspirado de 66 cv, passando pelo novíssimo 1.5 TSI de 152 cv que estreou há alguns meses no Golf e tem tecnologia de desativação de cilindros para poupar combustível. Também haverá opções de propulsor 1.6 turbodiesel de 81 cv e 96 cv, mas a cereja do bolo é o motor 2.0 TSI de 203 cv da versão esportiva GTI, também revelada no evento de hoje (foto abaixo). As opções de transmissão serão manual ou automatizada de dupla embreagem DSG.

No Brasil, espera-se que o hatch seja equipado com motores flex e câmbios já presentes em outros modelos da Volkswagen comercializados aqui. Poderá trazer o 1.0 de três cilindros e 82 cv nas versões de entrada e ser oferecido também com o 1.0 TSI turbo de até 125 cv e o 1.6 16v aspirado de 120 cv. Aqui, a transmissão deve ser manual ou automática convencional, com conversor de torque.

Outra novidade é que com o Polo a Volkswagen se rendeu à tendência de personalização visual já adotada por outras montadoras. Na linha 2018, o hatch poderá combinar 14 opções de cor da carroceria com 13 alternativas de tonalidade do painel, mas 12 tipos de rodas e 11 revestimentos dos bancos (veja mais detalhes sobre o design no vídeo acima).

Além disso, o carro ganhou a versão Beats, trazendo sistema de som de 300 W de potência da marca do rapper Dr Dre, rodas esportivas de liga leve e 16 polegadas, bancos esportivos e adesivo decorativo na carroceria (foto acima). A montadora também mostrou a configuração esportiva R-Line.