Fiat chama 13.384 veículos por airbags 'fatais'

Recall afeta os modelos Uno, Palio e Grand Siena. Falha em bolsas da Takata pode causar ferimentos e até morte

WM1 / 12/01/2018 às 12:15

A Fiat anunciou recall envolvendo 13.384 unidades dos modelos Uno, Palio e Grand Siena, cujos proprietários devem agendar em uma concessionária, a partir da próxima segunda-feira (15), a inspeção e, se necessário, a substituição do módulo do airbag do motorista e/ou do passageiro. A duração estimada do serviço, gratuito, é de duas horas.

O recall é mais um no país a envolver airbags defeituosos da fornecedora Takata, que afetaram mais de 2,5 milhões de veículos de diferentes marcas somente no Brasil e, no mundo todo, são cerca de 125 milhões de airbags com o problema, relacionado a 17 mortes e mais de 180 pessoas feridas.

A falha está relacionada à eventual degradação de um componente chamado de deflagrador quando exposto a variações elevadas de temperatura e alta umidade por longos períodos. Em caso de colisão frontal capaz de acionar o airbag, o deflagrador pode se romper por conta de pressão interna excessiva, projetando fragmentos metálicos na cabine que podem causar lesões graves ou até fatais.

No caso do recall da Fiat, ele afeta 11.447 unidades do Uno, ano/modelo 2010 a 2012 e com os últimos sete dígitos de chassi (não sequenciais) de 0000002 a 0301030. Já o Palio tem 1,7 mil unidades, ano/modelo 2012, com chassis de 2000001 a 4000021. Por sua vez, o Grand Siena tem 237 unidades convocadas, ano/modelo 2012 e com chassis de 3000001 a 3000262.

A Fiat disponibiliza para mais informações e consulta de chassi o telefone 0800-707-1000 e o site www.fiat.com.br.

Tags

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas