Honda Cicic Type R

Civic Type R deve ganhar versão ainda mais potente

Informação partiu de engenheiro da Honda. Recém lançado nos EUA, esportivo tem 310 cv e câmbio manual de seis marchas

WM1 / 19/06/2017 às 14:15

A Honda está lançando nos Estados Unidos o Type R, o Civic produzido em serie mais potente já vendido naquele mercado, trazendo motor 2.0 turbo de 310 cv e 40,8 kgf.m de torque. Chegando às concessionárias norte-americanas por US$ 34.775 (cerca de R$ 115 mil na conversão direta), o atual detentor do recorde de volta mais rápida para um veículo de tração dianteira no circuito alemão de Nürburgring deverá ganhar uma versão ainda mais porte e, possivelmente, dotada da tração integral.

A informação partiu de Hideki Matsumoto, engenheiro-chefe do Civic, em entrevista para a publicação “Automotive News”. O executivo também sinalizou que a Honda também avalia oferecer um Type R com características mais próximas de um modelo “grand turismo”, trazendo suspensões menos duras e mais itens conveniência e tecnologia para se tornar “um carro mais confortável em longas viagens”.

Ao menos nos Estados Unidos, o Civic Type R também deverá ganhar nos próximos meses uma versão mais simples e acessível, para conviver com a única disponibilizada atualmente, a Touring, com preço na faixa dos US$ 30 mil (R$ 100 mil). Seria uma opção intermediária entre o Type R topo de linha e o Civic Si, que é US$ 10 mil mais em conta (R$ 33 mil) e traz sob o capô o motor 1.5 turbo de 208 cv e 26,54 kgf.m.

O Type R recentemente foi apresentado no Salão de Buenos Aires, na Argentina, e a Honda informou que a chegada do modelo esportivo ao Brasil está em análise - no entanto, cabe ao Si o posto de mais cotado para venda aqui. Afinal de contas, a versão esportiva “mais mansa” do Civic já foi comercializada no país nas duas gerações anteriores - a oitava, inclusive, teve fabricação nacional. Atualmente, o sedã (e hatch) está na décima geração.

Na semana passada, a primeira unidade do Type R no mercado norte-americano foi vendida em leilão beneficente por US$ 200 mil (R$ 660 mil).

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas