Dodge Tomahawk

Única moto capaz de desafiar o Koenigsegg Agera RS

Dodge Tomahawk, moto que teve menos de 10 unidades vendidas, tem motor V10 de Viper e atinge os 480 km/h

WM1 / 10/10/2017 às 12:15

Na segunda-feira (9), levantamos alguns hipercarros que podem bater o recorde do 0 – 400 – 0 (acelerar de zero a 400 km/h e voltar novamente a zero) em 36,44 segundos, estabelecido pelo Koenigsegg Agera RS, superando a marca de 41,96 segundos do Bugatti Chiron. Agora, a gente traz a única moto que, talvez, consiga incomodar o ‘bólido’ da marca sueca: a Dodge Tomahawk.

E o motivo de esta moto pra lá de esquisita ser a única capaz de participar do 0 – 400 – 0 é que é a única no mundo a passar, oficialmente, dos 400 km/h. Aliás, esta Dodge com nome de míssil vai muito além. De acordo com a marca norte-americana, o top speed é limitado em 480 km/h, já que a Tomahawk teria capacidade para bater os 700 km/h – moto ou dragster?

A Dodge não é uma moto nova, sendo projetada no início dos anos 2000 e ganhando as ruas em 2007, quando passou a ser produzida de maneira artesanal. Com um design extremamente extravagante e com duas rodas na dianteira e outras duas na traseira, o que faz com que muitos não a considerem realmente uma motocicleta, a Dodge é equipada simplesmente com um motor 8.3 V10 SRT10 aspirado utilizado no Dodge Viper e que gera 512 cxv de potência!

Para não virar um ‘touro indomável’, a distribuição de peso é de 51% na dianteira e 49% na traseira. Sendo assim, a aceleração de 0 a 100 km/h acontece em incríveis 2,5 segundos, somente.

Os números não são oficiais, mas até o momento apenas nove unidades da Dodge Tomahawk teriam sido comercializada em todos os tempos por US$ 550 mil, aproximadamente R$ 1,8 milhão (sem impostos).

NÃO OFICIAL

De acordo com a Kawasaki, a superesportiva H2R de 210 cv de potência é atualmente a mais rápida em atividade, digamos assim, com velocidade máxima superior a 380 km/h. Porém, há alguns vídeos que mostram a japonesa batendo os 400 km/h. Vamos torcer para algumas modificações técnica por parte da Kawasaki para que o top speed oficial passe dos 400 km/h e entre oficialmente na disputa pelo 0 – 400 – 0.

Confira nossa avaliação da Kawasaki H2R

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas