Chevrolet Onix Effect 2018

Chevrolet Onix Effect 2018 renasce por R$ 54.990

Versão mantém motor 1.4 8V Flex e câmbio manual de 6 marchas; MyLynk e OnStar com pacote completo são de série

WM1 / 05/05/2017 às 19:00

A Chevrolet ‘ressuscitou’ nesta sexta-feira (5) o Onix Effect 2018. Com visual que sugere levíssima esportividade e conjunto mecânico sóbrio – e nada empolgante -, representado pelo motor 1.4 8V Flex e câmbio manual de seis marchas, a versão desembarca nas concessionárias nas próximas semanas por R$ 54.990.

Por fora, onde se destaca dos demais, o Onix Effect 2018 traz spoilers traseiro e dianteiro, saias laterais, rodas de liga leve de 15 polegadas escurecidas, teto, espelhos retrovisores externos e coluna ‘B’ em preto brilhante, além dos adesivos alusivos à configuração nas laterais, grade frontal e traseira.

O interior também tem exclusividades, com o painel de instrumentos com detalhes em vermelho e logo ‘Effect’, bancos revestidos em vinil e tecido com costuras que também adotam o vermelho. Esta cor, aliás, também está nas molduras das saídas de ar, em contornos do volante multifuncional e de base achatada, e na costura do tecido que reveste a base da manopla do câmbio.

Com relação aos itens de série, o Chevrolet Onix Effect 2018 é recheado. Ar-condicionado, direção elétrica, vidros, travas e retrovisores externos elétricos são de série. Destaque para a central multimídia MyLynk, compatível com Android Auto e Apple CarPlay, e para o sistema OnStar no pacote Exclusive (mais completo), que contempla os serviços de concierge, navegação, emergência, segurança, OnStar app e diagnóstico veicular.

O conjunto mecânico conta com o mesmo motor 1.4 8V de quatro cilindros flex, que gera até 106 cv de potência máxima e 13,9 kgf.m de toque, quando abastecido com etanol. Somente a transmissão manual de seis marchas está disponível, mas de acordo com Rodrigo Fioco, diretor de marketing de produto Mercosul da Chevrolet, não está descartada a possibilidade de o Onix Effect 2018 contar com câmbio automático de seis marchas.

Em termos de performance, a aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 10,5 segundos e velocidade máxima de 180 km/h. Os números de consumo, segundo Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro, ficaram em 8,6 km/l (etanol)/12,6 km/l (gasolina) na cidade e 10,2 km/l (e)/14,9 km/l (g) na estrada – economia 18% superior ao Effect anterior.

MAIS CHEVROLET ONIX

Chevrolet Onix e Prisma Joy têm 'cara' velha e 'recheio' ok
Tecnologia é novo diferencial dos novo Onix e Prisma

Jogador de futebol frustrado, resolveu ser jornalista para escrever sobre tudo que tivesse motor, fizesse (muito ou pouco) barulho e fosse possível de pilotar. Aficionado por superesportivos e clássicos, pensa agora acelerar também sobre duas rodas...

Matérias relacionadas