Prepare sua Kombi para viajar

Prepare a Kombi para viajar

Para muitos brasileiros, van da VW é opção mais barata (e lúdica) para transformar em motorhome

WM1 / 07/01/2017 às 11:30

Verão, férias escolares, época de cair na estrada. Acompanhando os trend topics, aqueles assuntos mais buscados na internet em determinado período, encontramos um nome muito familiar para nós do WM1: Kombi. A velha senhora, apelido carinhoso da van da Volkswagen, nunca sai de moda e hoje é uma opção mais acessível para os que têm aquela veia nômade enrustida e querem se aventurar mundo afora de carro. Para esses, a preparação para as férias começa bem mais cedo. Encontramos alguns vídeos de brasileiros que montaram (eles mesmos) suas Kombosas. Em tom bem-humorado, eles ensinam como fazer e contam quanto gastaram com o projeto.

Sobre a Kombi

A Volkswagen Kombi foi fabricada no Brasil de 1957 até 2013 –para 2014, os carros vendidos no Brasil obrigatoriamente deveriam ser dotados de freios ABS e airbags frontais, e para a VW adaptá-los à Kombi estaria fora de cogitação.

Com construção robusta tipo monobloco, uma posição de dirigir muito legal (o motorista fica praticamente sentado sobre o eixo dianteiro e a coluna de direção é quase vertical, ou seja, o volante fica na posição de um volante de ônibus), e mecânica simples e robusta, é o veículo ideal para quem não tem cacife para bancar um motorhome.

Isso porque não falamos ainda sobre o que a Kombi representa. Ícone da liberdade, ela ganhou as páginas dos jornais na década de 1960 com pinturas psicodélicas no festival de Woodstock e foi a casa itinerante de músicos e artistas. Mais que um carro, a van é parte da família para muitos brasileiros e recebe até nome. Chica, Matilda, Guerrilheira, Peregrina, Kombosa, Diva, Chimbika, Maria Eugênia, Aurora, Janis, Rita Lee, são algumas Kombis que rodam pelo Brasil.

A criação da sua Kombi dos sonhos

Não é tão difícil assim, nem tão caro, adaptá-la para sua viagem. Primeiro, você precisa da Kombi. Aqui na Webmotors temos 496 Kombis anunciadas, que vão de R$ 5.400 até R$ 279.990. Ou seja, há modelos para todos os gostos e bolsos, das mais antigas, ano 1966, até as mais novas, Last Edition, fabricadas em 2013.

Escolha sua Kombi AQUI.

Depois de levar sua Kombi a um mecânico de confiança para checar como está o motor, suspensão, freios e pneus, aprenda como reformá-la. Alguns brasileiros adeptos da #vanlife (o estilo de vida de quem vive em uma van/kombi), resolveram mostrar o passo a passo da transformação de sua Kombi na internet. Nos vídeos, eles contam sobre suas experiências e perrengues a bordo do veículo e mostram tudo o que você precisa saber para fazer você mesmo a sua Kombosa, Isolamento térmico, forro no teto, sistema hidráulico, baterias extras, marcenaria, tudo explicadinho. Selecionamos penas cinco histórias, mas se você pesquisar, há muito mais por aí:

1 – Vivendo mundo afora - Um casal em uma volta ao mundo de carro, iniciando pelo Brasil, em busca de cultura, diversão e arte.

2 – This is from Matilda – Um casal do sul do Brasil transformou sua Kombi em uma camper van e caiu na estrada. A Matilda já todou pela Argentina, Uruguai e Chile.

4 - Aventura de férias – Duas doidas, um cachorro e uma Kombi

5 – Na rota de um sonho – Este casal não quer ir li, pertinho, eles querem conhecer o mundo.

 
Boa viagem!