Volkswagen Fusca Project Baja

Fusca de 1970 é preparado para rali histórico

Exemplar da equipe ProjectBaja ganhou suspensão reforçada e outras modificações para a prova Baja 1000, no México

WM1 / 09/11/2017 às 16:30

O Fusca clássico ainda é um carro muito querido e visto nas ruas, transformando-se até carro para colecionadores, que gastam tempo e dinheiro reformando os seus "besouros". Tanto que hoje, 21 anos após sair definitivamente de linha no Brasil, o 'carro do povo' ainda figura entre os usados mais vendidos - em outubro foi o 25º do ranking, com 6.897 unidades comercializadas, de acordo com a Fenabrave, a federação das concessionárias.

Pois o Fusca segue encantando e reunindo fãs no exterior, seja por conta das linhas arredondadas e para-lamas salientes, seja pela conhecida robustez - sem contar a tração traseira. Nos Estados Unidos, a equipe ProjectBaja preparou, com patrocínio da Volkswagen, uma unidade de 1970 do cupê de tração traseira para a disputa da prova Score Baja 1000 na semana que vem.

A corrida de rali, que chega à edição de número 50, é realizada na península de Baja California, no México. São 1.825 km de extensão, partindo de Ensenada e terminando em La Paz, também no território mexicano.

Para a disputa, o Fusca mantém o motor 1.6 boxer original, de cilindros contrapostos na horizontal, mais uma série de modificações para suportar os rigores da corrida na Baja California: os pneus são todo-terreno, calçando rodas de 15 polegadas, enquanto a suspensão é reforçada e traz amortecedores de competição da Fox. A cabine, por sua vez, conta com gaiola de proteção, sistema de comunicação por rádio e navegação por GPS, essenciais em uma prova como a que ele irá encarar.

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas