Nissan homenageia concorrência em propaganda

Montadora japonesa agradece Chevrolet, Ford e Dodge pelo legado deixado às picapes

WM1 / 18/01/2016 às 15:06atualizado 10/07/2016 às 14:46
Arquivo

Quando os comerciais de automóveis resolvem sair do “arroz com feijão”, eles geralmente surpreendem. Algumas vezes nos deparamos com campanhas muito boas, outras vezes, com propagandas sarcásticas ou irritantes, que grudam na cabeça igual chiclete. Quem não se lembra do “Classe A Lelek lek lek”, da Mercedes-Benz, ou dos pôneis malditos, da Nissan? Inesquecíveis.

A Nissan, aliás, tem um histórico e tanto com suas propagandas. A divisão brasileira da marca lançou diversas campanhas onde a concorrencia era atacada de forma explícita. Basta dar uma vasculhada rápida no Youtube para encontrar diversos comerciais da montadora japonesa batendo sem dó em montadoras rivais. Fiat Idea, Chevrolet Meriva e até o Honda Fit apanharam em comerciais da Livina, enquanto as picapes Volkswagen Amarok e Toyota Hilux também tomaram porradas fortes em rede nacional em propagandas da Frontier. Grande parte das campanhas foi rapidamente vetada pelo Conar, Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, mas mesmo assim esse tipo de publicidade polêmica sempre ganhou a atenção do público.

Desta vez a Nissan USA fez justamente o contrário e também ganhou bastante atenção, assista:

No comercial “Shoulders of Giants” (no ombro de gigantes), da picape Titan XD, ao invés de provocar as rivais, a Nissan homenageia a concorrencia. A montadora não só relembra, mas agradece três marcas que deixaram seu legado no segmento de picapes na terra do Tio Sam. Chevrolet, Ford e Dodge são citadas como “(...) gigantes que nos mostraram como ser o que poderíamos ser e como chegar lá”.

Certamente, a ação faz parte de uma brilhante jogada de marketing, afinal valorizar marcas locais em um país onde o patriotismo é extremamente forte, deve render alguns pontos à Nissan. Depois do “obrigado”, a marca completa, “nós enxergamos o caminho adiante”. 

Sempre preferiu carrinhos a bonecas. Seu primeiro brinquedo motorizado foi um Jeep Willys 1951, que dirige até hoje. É realizada escrevendo sobre veículos, seja ele qual for. Acorda cedo para assistir ao MotoGP.

Matérias relacionadas