Newsletter
Share

Redes Sociais

Nissan Leaf será vendido no Brasil

100% elétrico, modelo ainda não tem preço nem início de vendas definidos

WM1 / 04/01/2016 às 23:40atualizado 10/07/2016 às 14:47
Arquivo

(Rio de Janeiro) - Durante a confirmação de que o utilitário esportivo compacto Kicks será produzido no Brasil, o CEO mundial da Nissan, Carlos Ghosn, confirmou em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira, que o Leaf, primeiro carro 100% elétrico produzido em série no mundo, será vendido no Brasil.

O executivo não revelou a data em que as vendas deverão começar, muito menos o preço devido às fortes oscilações do mercado brasileiro – especialmente a desvalorização do real frente ao dólar. “Será oferecido como um veículo importado”, disse Ghosn, rechaçando qualquer possibilidade de o modelo ser produzido por aqui, mesmo em que sistema CKD. “Não temos qualquer plano”.

François Dossa, presidente da Nissan do Brasil, aproveitou a oportunidade para dizer que o fato de o governo federal ter reduzido para 0% as taxas de importação dos veículos elétricos, muito é preciso ser feito para que os carros de emissão zero se tornem uma realidade no País. De acordo com ele é preciso um investimento fortíssimo em infraestrutura para atender às necessidades destes veículos, renegociar a alíquota do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados), que atualmente, para os elétricos, é a mais alta possível, e ainda conversar com os estados para ajustar o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Atualmente, algumas unidades do Leaf são utilizadas por taxistas das cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro dentro de uma parceria firmada entre a Nissan e as prefeituras destes municípios.

A WebMotors experimentou como é a rotina com um carro elétrico em uma grande metrópole. Confira no vídeo abaixo:

Jogador de futebol frustrado, resolveu ser jornalista para escrever sobre tudo que tivesse motor, fizesse (muito ou pouco) barulho e fosse possível de pilotar. Aficionado por superesportivos e clássicos, pensa agora acelerar também sobre duas rodas...

Matérias relacionadas