renault kwid frente

Renault vai revelar Kwid brasileiro na Argentina

Versão final do substituto do Clio será apresentada no dia 9 de junho no Salão de Buenos Aires, com vendas em seguida

WM1 / 18/05/2017 às 19:00

Apresentado como conceito no Salão de São Paulo em novembro passado, o Renault Kwid está bem perto de chegar ao mercado brasileiro e tem até site oficial, mas antes a versão de produção vai ser relevada no dia 9 de junho, no Salão de Buenos Aires, na Argentina. Juntamente com esse anúncio, a montadora divulgou detalhes do hatch subcompacto, que será fabricado em São José dos Pinhais para abastecer o mercado brasileiro e países da América Latina, Argentina incluída.

As imagens são provavelmente da versão topo de linha, que terá visual aventureiro, como o conceito Outsider mostrado no Salão de São Paulo, porém sem os frisos verdes nos para-choques e em torno das molduras plásticas das caixas de roda. As fotos da versão final mostram a dianteira, parte da lateral dianteira (com roda de liga leve pintada de preto) e o espelho retrovisor externo com capa preta brilhante, no estilo “black piano”. A Renault também mostrou a central multimídia, semelhante à usada nos outros modelos da marca, e sem os detalhes laranja de acabamento vistos no Kwid Outsider.  Também há uma foto do volante do hatch.

A Renault já tem divulgado o Kwid em uma série de comerciais, na qual duas peças publicitárias criticaram o Volkswagen Up para promover a suspensão elevada e o espaço interno do substituto do Clio, que a fabricante tem chamado de o “SUV dos compactos.

Ainda não são conhecidos detalhes técnicos, mas dá para adiantar que o Kwid vai ser equipado com o motor 1.0 SCe de três cilindros lançado recentemente para Sandero e Logan, que na dupla rende até 82 cv de potência e 10,5 kgfm, possivelmente ajustado para entregar números um pouco mais modestos.

 

Lançado inicialmente na Índia em setembro de 2015, o novo modelo da Renault é na verdade um hatch pequeno com 18 cm de vão livre em relação ao solo, daí a associação com SUVs feitas pelo marketing da montadora. Na versão indiana, ele mede 3,68 m de comprimento, 1,58 m de largura, 1,48 m de altura e 2,42 m de distância entre-eixos, com porta-malas de 300 litros – dimensões parecidas com as do Up, que leva até 285 litros. O lançamento também vai rivalizar com o Fiat Mobi.

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas