Newsletter
Share

Redes Sociais

2018-bmw-m5-16

Novo BMW M5 terá 600 cv e tração integral

Fabricante divulgou detalhes da nova geração do sedã de alta performance, que poderá tracionar apenas as rodas traseiras

WM1 / 18/05/2017 às 13:30

A BMW acabou de lançar no Brasil a nova geração do sedã executivo Série 5, trazendo preços sugeridos a partir de R$ 314.950 e opções de motores turbo de quatro e seis cilindros, com potências de 252 cv e 340 cv, respectivamente. Na Europa, a montadora alemã está finalizando o desenvolvimento do próximo M5, versão de alta performance que há meses já roda sob camuflagem e até foi recentemente flagrada acelerando em Nürburgring. A apresentação oficial deve acontecer em setembro, durante o Salão de Frankfurt (Alemanha),  mas a BMW já tratou de adiantar alguns dados técnicos importantes.

O novo M5 vai trazer uma evolução do motor V8 4.4 turbo, que hoje rende 568 cv de potência e 69 kgfm de torque, ajustado para render mais: 600 cv e mais de 96 kgfm. O sedã só estará disponível com transmissão automática de oito marchas, contra sete da geração atual, e será capaz de acelerar de zero a 100 km/h em menos de 3,5 segundos, de acordo com a fabricante. A BMW divulgou um vídeo com essas informações e fotos do veículo, ainda escondido por camuflagem.

Outra característica do M5 será a tração integral, como nos modelos RS da Audi, abandonando a tradicional configuração de tração traseira, que tanto agrada os puristas e fãs de derrapagens controladas. No entanto, esses clientes não terão com o que se preocupar. Em condições normais de uso, o carro já manda a maior parte da força para as rodas traseiras. Nos outros dois modos de ajuste eletrônico do comportamento dinâmico, ainda mais torque é enviado para o eixo traseiro e, na opção mais esportiva, apenas as rodas de trás tracionam o sedã.

 

Portanto, ainda vai dar para fazer “drift” numa boa com o M5, como a própria BMW faz questão de demonstrar nas fotos e vídeo promocionais. Além disso, o modelo contará com diferencial traseiro ativo, encarregado de distribuir o torque entre as rodas para maior estabilidade nas curvas.

Por dentro, o M5 vai ganhar nova alavanca de câmbio e volante, bem como um “head-up display” com área 70% maior.

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas