Newsletter
Share

Redes Sociais

novo nissan leaf farol

Nissan divulga 'teaser' da segunda geração do Leaf

Foto exibe farol do carro 100% elétrico mais vendido do planeta, que vai ganhar visual mais arrojado e mais autonomia

WM1 / 19/05/2017 às 13:45

A Nissan está bem perto de revelar a segunda geração do Leaf, tanto que acabou de divulgar um “teaser” com a foto do farol do modelo, que tem sido flagrado rodando em testes, ainda sob bastante camuflagem. A imagem é acompanhada pela frase “chega em breve” – a apresentação do elétrico mais vendido do planeta, com mais de 260 mil unidades já entregues em mercados como o norte-americano e europeu, deve acontecer em setembro.

 

Pelo pouco que a montadora mostrou até agora, o hatch vai ganhar faróis com iluminação full-LED e um desenho mais arrojado na comparação com as formas arredondadas do Leaf atual (foto abaixo). É provável que o novo traga visual inspirado na nova geração do Micra, recém lançada na Europa e que lembra uma versão hatch do Kicks. Para quem não sabe, o Micra nada mais é que o nosso March, que ainda é do modelo “antigo” e que deve mudar aqui também em data a ser anunciada – a Nissan do Brasil ainda não se pronunciou.

Voltando ao novo Leaf, além do novo desenho o modelo vai contar com mais autonomia com uma carga completa das baterias. Na linha 2017, lançada no ano passado, ele ganhou baterias com 30 kWh e passou a barreira dos 160 km rodados antes de esgotar a carga. Espera-se que a nova geração conte com baterias de 60 kWh, dobrando a autonomia atual para a casa dos 300 km. Quando estiver nas lojas, o novo Leaf terá como principais rivais o Chevrolet Bolt e o ainda não lançado Tesla Model 3, com preço na faixa entre US$ 35 mil e US$ 40 mil (de R$ 117 mil a R$ 134 mil na conversão direta).

Assim como o Tesla, o elétrico da Nissan deve oferecer recursos de condução semiautônoma, como acelerar, frear e esterçar o volante em rodovias por períodos limitados de tempo . Além disso, dá para apostar que ele vai ter um sistema de recarga rápida.

No Brasil, o Leaf foi até agora apenas um experimento da Nissan, que colocou nas ruas das capitais de São Paulo e Rio de Janeiro uma frota de 25 unidades rodando como táxis, em regime de comodato – o projeto teve início em 2012 e foi encerrado no ano passado. Aqui, o carro nunca foi oferecido ao consumidor pessoa física – embora a fabricante tenha até anunciado planos de produzi-lo no país, que por enquanto estão em compasso de espera, por conta da crise.

Flagra do novo Leaf pela Automedia:

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas