Newsletter
Share

Redes Sociais

Carlos Ghosn

Carlos Ghosn será presidente da Mitsubishi

CEO da aliança Renault-Nissan assumirá também a missão de recuperar a imagem da MIT

WM1 / 20/10/2016 às 14:30

Agora é oficial: o executivo brasileiro Carlos Ghosn, CEO da aliança Renault-Nissan, deverá ser o novo comandante também da Mitsubishi Motors. O grupo franco-japonês fechou a aquisição de 34% da fabricante nipônica com investimento de US$ 2,3 bilhões.

Em declaração à imprensa, Ghosn, com a aquisição da MIT, afirmou que o grupo que comanda será o maior do mundo, com vendas de 10 milhões de veículos no ano fiscal de 2016.

Além do brasileiro, outros executivos da aliança Renault-Nissan deverão assumir postos estratégicos dentro da Mitsubishi, que recentemente enfrentou escândalo de adulteração de resultados de emissões de gases. Osamu Masuko, atual CEO da MIT, deverá permanecer no grupo, mas em novas funções.

Jogador de futebol frustrado, resolveu ser jornalista para escrever sobre tudo que tivesse motor, fizesse (muito ou pouco) barulho e fosse possível de pilotar. Aficionado por superesportivos e clássicos, pensa agora acelerar também sobre duas rodas...

Matérias relacionadas