Nova Yamaha MT-03 quer repetir sucesso da R3

Versão naked da esportiva carenada quer vender mais que rival da Kawasaki Z 300

WM1 / 21/03/2016 às 09:16atualizado 10/07/2016 às 14:44
Arquivo

Versão naked da esportiva YZF-R3, a nova Yamaha MT-03 irá chegar às lojas em maio com o objetivo de superar em vendas sua concorrente direta, a Kawasaki Z 300. E repetir o sucesso da R3, que derrotou a Ninja 300, também da Kawasaki, e lidera entre as esportivas pequenas. Seus atributos são praticamente os mesmos da R3, com quem a nova MT-03 compartilha ciclística e motor. Porém, a naked tem ainda ao seu favor a preferência do brasileiro por motos sem carenagem e um preço inferior: R$ 18.790, a versão standard, e R$ 20.790, com freios ABS – a R3 é vendida a R$ 20.790 (R$ 22.890 com ABS). São três opções de cores: preta, cinza fosca com rodas azuis e vermelho metálico.

Com design inspirado em outros modelos da família, como a MT-07 e 09, a caçula traz entradas de ar nas laterais do tanque, um spoiler abaixo do motor e um farol poligonal com duas luzes de posição de LED e uma pequena carenagem cobrindo o painel. Também herdado da R3, os instrumentos são formados por um conta-giros analógico à esquerda e uma tela de LCD à direita, com velocímetro e outras informações. O banco bipartido e a lanterna traseira, em LED, são iguais aos da esportiva.

Entretanto, ao invés de dois semiguidões, a MT-03 traz um guidão único e curvado, posicionado 19 mm para trás e 39 mm para cima, visando proporcionar uma posição de pilotagem mais confortável para o uso diário e urbano. A diferença de peso entre as duas versões é de apenas um quilograma, 167 kg em ordem de marcha para a versão standard (169 kg com ABS).

O motor tem dois cilindros paralelos de 321cc, duplo comando, oito válvulas e refrigeração líquida. Capaz de atingir a potência máxima de 42 cavalos a 10.750 giros – número melhor que os 39 cv da Z 300. O torque máximo, de 3,02 kgf.m, está disponível em 9.000 rpm.

O quadro do tipo Diamond, tem rodas de liga leve de 17 polegadas calçadas com pneus radias. O conjunto de suspensões não apresenta novidades: garfo com tubos telescópicos na frente, enquanto a balança traseira usa o sistema de monoamortecimento.

Nos freios, a nova MT-03 traz um disco dianteiro de 298 mm com pinça de dois pistões, e um disco simples (220 mm) com pinça de um pistão completa o conjunto na traseira.

Primeiras impressões

Na pista, a MT-03 mostra o que realmente é: uma cópia fiel de sua irmã R3. Motor que gira alto para entregar um desempenho superior a outros modelos na faixa das 250 e 300cc. Bom sistema de freios, ainda mais na versão com ABS e suspensões bem progressivas.

Claro que se nota que o guidão mais alto proporciona uma posição com as costas mais eretas, porém a pequena naked é tão empolgante quanto a R3 em uma pista. E talvez esteja aí a receita para que ela repita o sucesso: a esportividade com algum conforto.

O preço sugerido pela Yamaha para a MT-03, de R$ 18.790 (R$ 20.790 com ABS), é próximo ao pedido pela Kawasaki Z 300, vendida a R$ 18.990 (R$ 20.990 com ABS). Entretanto, como a Yamaha tem mais pontos de venda, provável que, assim como a R3 passou a Ninja 300 em vendas, a naked também supere a rival da Kawasaki, que teve 170 unidades emplacadas neste ano.

Consulte preços de motos novas e usadas na Tabela Fipe e WebMotors.