Confira 5 bigtrail de verdade

Motos destinadas a aventuras ganham mais admiradores

WM1 / Março 2016

O brasileiro está descobrindo que viajar de moto pode ser um hobby prazeroso e um País, de dimensões continentais como o nosso, possui destinos que merecem ser conhecidos. Lugares distantes e beleza ímpar, como o Deserto do Jalapão, o Pico das Agulhas Negras, a Estrada Real, o cânion de Aparados da Serra e muitos outros, mas que, às vezes são de difícil acesso. 

Para chegar a lugares assim é preciso que a moto tenha longo curso de suspensão, bom desempenho, elevada autonomia e, acima de tudo, ofereça conforto para que o piloto enfrente longas jornadas. Os modelos mais indicados para essas viagens são as bigtrails que, aliás, fizeram sucesso em 2015 com perto de 13.000 unidades comercializadas. Entre as mais vendidas o destaque fica para a cobiçada BMW R 1200 GS, considerada um ícone entre os amantes de bigtrails. Muitos dos compradores do modelo vêem nessa moto a “fuga do stress”, afirma Matteo Villano, gerente sênior de vendas da BMW Motorrad Brasil.

Muitas delas foram feitas mesmo para viagens confortáveis e seguras pelo asfalto, mesmo que ele seja ruim e esburacado como o de muitas rodovias brasileiras. A posição de pilotagem ereta garante o conforto e as suspensões oferecem segurança. Porém, já começa a surgir quase um subsegmento entre essas bigtrails. Quase um retorno às origens desse tipo de moto, quando elas nasceram com o objetivo para andar na terra. 

Caso da Honda Africa Twin, que chegará ao Brasil no segundo semestre. Com roda dianteira aro 21 e baixo peso, a bigtrail japonesa foi projetada para oferecer bom desempenho também na terra – e não apenas em asfalto ruim. Assim como a Africa Twin, outros modelos do segmento apostam mesmo na vocação fora-de-estrada para atrair quem gosta de viajar por qualquer caminho. Confira nossa lista com cinco bigtrails que encaram uma aventura de verdade.

Yamaha XT 660Z Ténére 

A mais acessível entre as aventureiras é a Yamaha XT 660Z Ténéré. Equipada com roda aro 21 na dianteira e com a opção de freios ABS, o modelo é capaz de encarar buracos e obstáculos por conta de seu grande vão livre do solo (205 mm na versão com ABS). A Ténéré aposta na simplicidade mecânica de um monocilíndrico para oferecer 48 cv de potência e quase 6 kgf.m de torque máximo. Com 215 kg em ordem de marcha, tem desempenho comedido, mas mostra grande apetite off-road. O modelo tem tanque de 23 litros e transmissão final por corrente.

Motor: monocilíndrico de 660cc, quatro válvulas e refrigeração líquida
Potência máxima48 cv a 6.000 rpm
Torque máximo5,92 kgf.m a 5.500 rpm
Rodas e pneus90/90R – aro 21 (dianteira)/ 130/80 – aro 17 (traseira)
Tanque de combustível23 litros
Peso em ordem de marcha215 kg (versão com ABS)
PreçosR$ 30.620 e R$ 33.680 (versão ABS)

Triumph Tiger 800 XCx

Recheada de tecnologia, a Tiger 800 XCx é equipada com um tricilíndrico, que vibra menos do que os motores de um ou dois cilindros. Com 800 cc de capacidade, entrega 95 cv de potência máxima a 9.250 rpm enquanto o torque máximo, de 8,06 kgf.m, está disponível nas 7.850 rpm. O tanque tem capacidade para 19 litros. O modelo traz garfo dianteiro invertido e balança monoamortecida com diversos ajustes. Tem a seu favor a roda de 21 polegadas e diversos acessórios, além de um completo pacote eletrônico com piloto automático, três modos de pilotagem, controle de tração e freios ABS.

Motor: tricilíndrico de 800 cc, doze válvulas e refrigeração líquida
Potência máxima95 cv a 9.250 rpm
Torque máximo8,06 kgf.m a 7.850 rpm
Rodas e pneus90/90R – aro 21 (dianteira)/ 150/70 – aro 17 (traseira)
Tanque de combustível19 litros 
Peso em ordem de marcha221 kg
PreçoR$ 46.300

BMW R 1200 GS Adventure

Modelo símbolo da categoria aventureira, a BMW R 1200 GS Adventure é equipada com o motor de dois cilindros opostos e 1.170 cm³, que oferece 125 cv de potência e torque máximo de 12,6 kgf.m. Embora o bom conjunto de suspensão tenha longo curso – 210 mm na dianteira e 220 mm na traseira – trata-se de uma “pesada” e alta bigtrail: pronta para rodar são 260 kg e 890 mm a altura do assento (que pode chegar até a 910 mm). Mas o bom conforto e o enorme tanque de 30 litros permitem ir até o fim do mundo. Munida de um completo aparato eletrônico, com controle de tração, cinco modos de pilotagem e ajuste eletrônico de suspensão, a R 1200 GS Adventure tem rodas raiadas e transmissão final por eixo-cardã.

Motor: dois cilindros opostos (boxer) de 1.170 cc e arrefecimento líquido
Potência máxima125 cv a 7.750 rpm
Torque máximo12,6 kgf.m a 6.500 rpm
Rodas e pneus120/70 – aro 19 (dianteira)/ 170/60 – aro 17 (traseira)
Tanque de combustível30 litros 
Peso em ordem de marcha260 kg
PreçoR$ 83.900

KTM 1190 Adventure

Equipada com um dos mais modernos sistemas eletrônicos, o controle de estabilidade da Bosch integra controle de tração e freios ABS, que levam em conta a inclinação nas curvas, a KTM 1190 Adventure está entre as motos mais seguras da atualidade. Tudo isso, somado a sua grande vocação off-road com rodas raiadas e aro 21 na dianteira, fazem dessa austríaca uma boa opção entre as bigtrails maiores. Seu V2 de 1.195 cc atinge 150 cv de potência com 12,75 kgf.m de torque. Pesa 245 kg em ordem de marcha e seu tanque de combustível tem capacidade para 23 litros. Boas suspensões da grife WP permitem regulagem total. O que talvez não agrade a maioria seja o sistema de transmissão por corrente, que exige cuidados em longas viagens.

Motor: dois cilindros em “V” a 75°, 8 válvulas e refrigeração líquida
Potência máxima150 cv a 9.500 rpm
Torque máximo12,75 kgf.m a 7.500 rpm
Rodas e pneus120/70 – aro 19 (dianteira)/ 170/60 – aro 17 (traseira)
Tanque de combustível23 litros 
Peso em ordem de marcha245 kg
PreçoR$ 79.900

Honda CRF 1000L Africa Twin

A aguardada Honda Africa Twin deve desembarcar no Brasil já no segundo semestre. Herdeira de uma linhagem de motos vencedoras nos ralis, o modelo tem no baixo peso e na sua ciclística seus grandes trunfos. Com suspensões ajustáveis e de longo curso, usa roda de 21 polegadas na dianteira. O motor inédito tem dois cilindros paralelos (998 cm³) e oferece 95 cv de potência máxima com 10 kfg.m de torque. Sistema de freios ABS e controle de tração em três níveis integram o pacote eletrônico do modelo. Seu tanque tem capacidade para 18,8 litros e usa transmissão por corrente.

Motor: dois cilindros paralelos, oito válvulas e refrigeração líquida
Potência máxima95 cv a 7.500 rpm
Torque máximo10 kgf.m a 6.000 rpm
Rodas e pneus90/90 – aro 21 (dianteira)/ 150/70 – aro 18 (traseira)
Tanque de combustível18,8 litros 
Peso em ordem de marcha232 kg (ABS)
Preçoentre R$ 55.000 e R$ 60.000 (estimado)