Atualizada, F 800R quer se destacar no line-up da BMW

Além de nova identidade visual, modelo 2015 ganhou melhorias ciclísticas e mecânicas

WM1 / 14/05/2015 às 15:37atualizado 10/07/2016 às 14:56
Arquivo

Geralmente ofuscada pelas mais glamorosas aventureiras e esportivas da BMW, a naked F 800 R recebeu diversas melhorias na parte ciclística e mecânica no modelo 2015. Suspensão invertida, freios melhores, ergonomia aperfeiçoada e até mesmo controle de tração de série são algumas das atualizações feitas para que a, até então, ignorada naked consiga seu lugar de destaque no segmento e entre os modelos mais vendidos da marca alemã no Brasil.

Nos últimos anos, as vendas da F 800 R no País foram superadas pela trail G 650 GS, mais barata, mas também pela F 800 GS, bigtrail que usa o mesmo motor, porém é mais cara, e até pela grande aventureira R 1200 GS. Com preço sugerido de R$ 37.900, um aumento de R$ 1.000 em relação ao modelo anterior, a F 800 R 2015 ganhou até uma nova identidade visual para se diferenciar das outras motos BMW. 

No lugar dos dois faróis assimétricos, um novo conjunto óptico de uma única peça. A pequena carenagem que cobre o painel e o novo farol, além de conferir personalidade própria a F 800 R, aumentou a proteção aerodinâmica para o piloto. Uma melhoria que reforça o caráter versátil dessa naked, fácil de pilotar em cenário urbano e agora mais confortável para rodar na estrada. 

As entradas de ar e as laterais que cobrem o radiador têm linhas mais angulosas. O desenho das rodas e do paralama dianteiro também é novo. O grande escapamento, entretanto, ainda continua desproporcional ao tamanho da F 800 R, mesmo com a nova traseira um pouco mais robusta.

Mudanças mecânicas e ciclísticas

Um dos destaques da F 800 R é seu bem acertado motor de dois cilindros paralelos de 798 cm³ com arrefecimento líquido, DOHC com oito válvulas. Reajustado para 2015, ganhou mais 3 cv de potência, atingindo agora 90 cv a 8.000 rpm. Porém a mudança mais notada é a nova relação de marchas do câmbio de seis velocidades. Com as duas primeiras mais curtas, aproveita-se melhor o bom torque do bicilíndrico que atinge o máximo de 8,77 kgf.m já a 5.800 giros. As arrancadas ficaram mais vigorosas e a naked, mais gostosa de pilotar na cidade, onde exige menos trocas de marchas.

Com bastante torque em baixos e médios giros o consumo foi bom: variou entre 18,2 km/l, na estrada, e 16,4 km/l, na cidade. Próximo aos números do computador de bordo do painel – que variou entre 16 e 17 km/l. Com capacidade para 15 litros, o tanque garante uma autonomia em torno dos 250 km.
Mas a principal novidade mesmo fica por conta do novo conjunto ciclístico com garfo dianteiro invertido (upside-down). Além de um amortecimento mais progressivo, é interessante notar como a menor massa suspensa nas rodas – que também ficaram mais leves – aprimorou a agilidade da F 800 R nas mudanças de direção e também seu comportamento em curvas. 

Outro aperfeiçoamento importante foi feito nos freios dianteiros, que agora têm pinças de fixação radial Brembo e “estancam” os 202 kg (em ordem de marcha) com mais eficiência. O sistema ABS é de série, como no modelo anterior, e garante a segurança dos pilotos iniciantes, porém atua cedo demais na roda traseira e atrapalha uma pilotagem mais esportiva. E não é possível desativar o sistema. 

Já o controle de tração, uma das novidades eletrônicas juntamente com o sistema de monitoramento da pressão dos pneus, tem excelente funcionamento. Afinal, com o grande torque do propulsor trata-se de um item de segurança muito bem-vindo para novatos e até mesmo para os mais experientes. Seu trabalho pode ser percebido por uma luz de advertência no painel, que acendeu algumas vezes nas saídas de curvas de uma sinuosa estrada úmida, cedo pela manhã. O controle de tração pode ser desativado facilmente, até mesmo em movimento. 

A ergonomia foi revista e o assento agora está 1,0 cm mais perto do solo (79 cm). As pedaleiras também mudaram de lugar: foram posicionadas 1 cm à frente e 1 cm mais baixas. Ajustes finos mais difíceis de notar do que o novo guidão, um pouco mais recuado, que proporciona uma posição de pilotagem mais ereta e dá a impressão de que o painel foi colocado mais à frente. A maior sensação de conforto também vem da melhor proteção aerodinâmica proporcionada pelo novo conjunto óptico. Até pelo menos 140 km/h o vento não incomoda. 

Tudo para brilhar

Embora o novo conjunto óptico não seja unanimidade, a meu ver, distinguiu a F 800 R da sua irmã F 800 GS e deu-lhe ar de novidade, além de uma identidade mais jovial e urbana. O desempenho do elástico propulsor permite rodar tranquilamente na cidade ou na estrada, em função do excelente torque em médios giros. Mas também demonstra vivacidade para chegar ao limite de rotações de 8.500 rpm e a velocidades acima do permitido – para isso conta com amortecedor de direção. Tem baixo nível de vibrações, porém falta-lhe algum caráter empolgante e o mapa do novo acelerador eletrônico está “comportado” demais para o meu gosto.

Ainda assim, as úteis atualizações no modelo 2015 dão ânimo à F 800 R para se destacar no line-up de motos BMW. E também fazem dela uma opção a ser considerada por aqueles que buscam uma naked de média capacidade cúbica versátil, esportiva e pouco exigente. Com preço de R$ 37.990, a F 800 R ainda oferece itens, como controle de tração, freios ABS e sistemas de monitoramento de pneu, presentes apenas em modelos maiores e mais caros.

Ficha Técnica

BMW F 800R 2015

Motor dois cilindros paralelos, 8 válvulas, DOHC, com refrigeração líquida
Diâmetro x Curso 82,0 X 75,6 mm
Taxa de compressão 12,0:1
Capacidade 798 cm³
Potência Máxima 90 cv a 8.000 rpm
Torque Máximo 8,77 kgf.m a 8.000 rpm
Sistema de Alimentação Injeção Eletrônica 
Partida Elétrica
Câmbio 6 velocidades
Embreagem Multi-disco em banho de óleo com acionamento mecânico
Transmissão final por corrente
Suspensão 
Dianteira Garfo telescópico invertido (upside-down) com 125 mm de curso, sem ajustes
Traseira Balança de alumínio com monoamortecedor, com 125 mm de curso e ajuste da pré-carga e retorno
Freios
Dianteiro Disco duplo flutuante de 320 mm, com pinça radial o Brembo de quatro pistões e ABS 
Traseiro Disco simples de 265 mm com pinça de um pistão Brembo e ABS
Rodas De liga leve de alumínio - 3.50 x 17’’ (D); 5.50 x 17’’ (T)
Pneus
Dianteiro 120/70- ZR17
Traseiro 180/55- ZR17
Quadro Perimetral em liga de alumínio
Altura do Assento 790 mm 
Distância Mínima do Solo não disponível
Dimensões (C x L x A) 2.145 mm x 860 mm x 1.235 mm
Distância entre-eixos 1.526 mm
Tanque de Combustível 15 litros
Peso (em ordem de marcha) 202 kg
Cores: Azul/preta, azul/branca e branca
Preço R$ 37.900