Newsletter
Share

Redes Sociais

10 motos para acelerar em 2016

O próximo ano reserva novidades de todos os tipos: de práticos scooters a valentes bigtrails

WM1 / 06/01/2016 às 00:00atualizado 10/07/2016 às 14:47
Arquivo

Todo mundo faz uma lista de desejos para o ano que se inicia. A nossa traz as 10 novas motos que vão desembarcar no Brasil em 2016. Há novidades para todos os gostos: desde scooters urbanos, passando por pequenas nakeds, potentes superesportivas e valentes aventureiras. Confira os lançamentos mais aguardados do próximo ano.

Yamaha MT-03       

Versão naked da R3, a MT-03 segue a linha de design da família MT, porém em um pacote compacto. Mostrada no Salão Duas Rodas 2015, a naked tem motor bicilíndrico de 321 cc com refrigeração líquida capaz de produzir 42 cv de potência máxima. Deverá desembarcar no Brasil apenas no segundo semestre para brigar com a KTM 390 Duke e com a Kawasaki Z 300 no segmento de compactas premium.

Ducati XDiavel

Eleita a moto mais bonita do Salão de Milão 2015, a XDiavel é uma versão cruiser da Diavel para brigar de frente com as marcas norte-americanas. Tanto que copiou até mesmo a transmissão final por correia dentada. Dona de um visual arrebatador, a XDiavel traz o motor Testastretta 11° com comando de válvulas variável e muita eletrônica. O modelo chega às lojas europeias a partir de fevereiro e deve desembarcar no Brasil somente no final de 2016. 

Triumph Thruxton R

A Triumph renovou toda sua linha de clássicas modernas para 2016. Agora há cinco modelos, entre os quais a Thruxton R é a topo de linha com suspensões invertidas e freios monobloco Brembo. A fábrica já confirmou a vinda de toda a linha – a Street Twin, Bonneville T 120 e a Thruxton – para o Brasil no segundo semestre. Mas já que o visual café racer está na moda estamos ansiosos para conhecer essa Thruxton R que tem até mesmo um kit para acelerar na pista.

Yamaha Tracer

Outra novidade que a Yamaha mostrou no Salão Duas Rodas 2015 foi a Tracer, uma versão crossover da MT-09. Equipada com suspensões de longo curso e posição de pilotagem das bigtrails, a Tracer usa o mesmo motor tricilíndrico de 850 cc e 115 cv da MT-09, porém com alterações para deixá-la mais confortável e apta a enfrentar longas viagens. Mas pelo asfalto, é claro. O modelo, que já tem até preço (R$ 45.990), deverá chegar às concessionárias da marca ainda no primeiro semestre de 2016.

Kawasaki Ninja ZX-10R

Com o título mundial de superbike no currículo, a nova esportiva de 1 litro da família Ninja foi reformulada para 2016: ganhou nova ciclística, suspensões mais avançadas e ainda mais controles eletrônicos para continuar dominando as pistas. Equipada com motor de quatro cilindros e cerca de 200 cv de potência máxima, a nova Ninja ZX-10R fez sua estreia no Salão Duas Rodas 2015 e deverá chegar às pistas brasileiras em 2016 para a alegria dos fãs de motovelocidade.

Indian Roadmaster

A Indian Motorcycle estreou oficialmente no Brasil e já tem quatro concessionárias operando (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina). A Scout é o carro chefe, porém a luxuosa grã-turismo Roadmaster só deve desembarcar por aqui em 2016. Equipada com motor V2 de 1800 cc, a Roadmaster oferece muito conforto e tecnologia, embalados em um visual clássico, para quem gosta de rodar muitos e muitos quilômetros.

Honda SH 300i

Aproveitando que o segmento de scooters não para de crescer, a Honda anunciou que no próximo ano irá comercializar o SH 300i, um scooter de roda grande e motor de um cilindro, 279 cc, quatro válvulas, alimentado por injeção eletrônica e refrigeração líquida. O propulsor tem potência máxima de 27 cv (a 6.000 rpm) e o prático câmbio CVT. Com um estilo elegante, o SH 300i espera repetir o sucesso de vendas na Europa por aqui também. Para isso a Honda irá nacionalizar o modelo que vem para brigar de frente com o Dafra Citycom 300i.

Honda Africa Twin

Para não ficar de fora do segmento das bigtrails a Honda recorreu a lendária Africa Twin, ou pelo menos, ao nome.  Afinal, a nova CRF 1000L Africa Twin é completamente nova: aposta em um torcudo motor bicilíndrico, chassi de baixo peso e uma verdadeira vocação off-road para fazer sucesso. O modelo já foi confirmado para o nosso mercado e será montado em Manaus (AM), o que significa um preço competitivo. 

Harley-Davidson Forty Eight

A estilosa integrante da família Sportster ganhou um visual ainda mais invocado para 2016 e ficou com cara de moto customizada. Mas a grande novidade mesmo são as novas suspensões – agora com ajustes – e um novo banco que promete mais conforto aos fãs do modelo. Equipada com o bom e velho motor Evolution, um V2 de 1200 cc, a Forty-Eight chega ao Brasil já agora em janeiro com preço sugerido de R$ 50.700.

BMW G 310R

A pequena naked, feita em parceria com a indiana TVS, marca a entrada da BMW no segmento de compactas premium. Equipada com um motor monocilíndrico de 313 cm³, com arrefecimento líquido, e capaz de produzir 34 cavalos, a nova G 310R deverá ser montada no Brasil a partir do segundo semestre do próximo ano. Dotada de uma ciclística refinada e com baixo peso, a G 310R deverá trazer novos consumidores para a fábrica alemã e já desperta muita curiosidade: afinal, quem não quer acelerar uma bela naked com o emblema azul e branco no tanque?