Newsletter
Share

Redes Sociais

Push-to-pass Stock Car 2017

Saiba como funciona o push-to-pass da Stock Car

Botão de ultrapassagem adiciona 80 cv aos carros da categoria

WM1 / 09/09/2016 às 14:15atualizado 12/09/2016 às 13:17

Na última década, as grandes categorias do automobilismo começaram a se aproveitar da tecnologia para dar um gás de emoção nas corridas. A Fórmula 1 adotou o KERS e a asa móvel, por exemplo, para melhorar a performance dos modelos em oportunidades de ultrapassagem. A Stock Car, principal categoria do automobilismo brasileiro, não fica para trás: com o push-to-pass, fica mais fácil para que os pilotos façam ultrapassagens nas retas dos circuitos.

Implementado em 2010 na categoria, o push-to-pass – ou botão de ultrapassagem – ainda gera muitas dúvidas de como ele funciona entre os fãs. Tem quem pense que é uma injeção de nitrogênio, ao melhor estilo ‘Velozes e Furiosos’, ou uma reprogramação de injeção, como a maioria dos “modo Sport” dos modelos de produção. Mas é bem mais simples do que você poderia imaginar.

Os carros da Stock Car são equipados com motores V8 de 5,7 litros fornecidos pela Chevrolet – é o mesmo LS1 usado no Corvette de quinta geração. Com uma preparação de cabeçote feita pela JL Racing, empresa que distribui os motores para as equipes da Stock, esse propulsor despeja 440 cv nas rodas traseiras dos carros. Abastecidos com gasolina pódium, pode haver uma leve variação de etapa para etapa.

O segredo do push-to-pass está na abertura do corpo de borboleta, que controla o fluxo de ar para a admissão do V8. Normalmente, o motor trabalha com 65% da abertura total. Quando o botão de ultrapassagem é acionado, a admissão trabalha com 100% de abertura da borboleta. Essa mudança representa um ganho de 80 cv, chegando à marca de 520 cv de potência.

Acionado por um botão no volante – veja em destaque na imagem acima -1, a atuação do ‘p2p’ dura em média 15 segundos, também variando conforme a pista. O número de vezes que o botão pode ser usado em cada etapa também é decidido de acordo com o circuito. Em Interlagos, onde acontece a Corrida do Milhão neste domingo (11), normalmente são permitidos até 15 acionamentos por fim de semana. Para a edição deste ano, serão 9 push-to-pass.

Tags

Para o estagiário, gostar de carro foi hereditário. Adora carros preparados, clássicos e customizados. Apaixonado pelos esportivos japoneses, prefere um Skyline a uma Ferrari. Mas não rejeita nada que faça barulho e ande rápido.

Matérias relacionadas