Newsletter
Share

Redes Sociais

BMW M4 GTS

Como funciona a injeção de água do M4 GTS

Sistema refrigera motor e melhora qualidade da combustão

WM1 / 31/08/2016 às 17:45atualizado 01/09/2016 às 08:56

O BMW M4 GTS é o modelo mais extremo da atual geração do esportivo. Limitado apenas a 700 unidades, ele elevou o nível de performance do cupê, transformando-o em um canhão pronto para a pista. Com uma dieta a base de fibra de carbono e escape em titânio, o GTS é 27 kg mais leve que a versão básica.

A suspensão acompanha a preparação esportiva e o motor seis cilindros biturbo de 3 litros chega aos 500 cv, contra 430 cv da versão Coupé. Esse enorme ganho de potência tem um responsável pouco comum na engenharia moderna – por enquanto. O motor ganhou um sistema de injeção de água que refrigera o motor e melhora a qualidade da combustão no cilindro.

Fabiana Piazza, diretora da Bosch que desenvolveu e produz a tecnologia, anunciou em entrevista a revista Autocar que em 2019 o sistema deverá ser produzido em massa, chegando a carros mais ‘comuns’. Enquanto isso não acontece, te explicamos mais detalhadamente como funciona a injeção de água.

O seis cilindros da M4 GTS possui injeção direta de combustível, por isso o posicionamento do bico injetor de água fica antes da válvula de admissão – localizada à esquerda na foto abaixo. Quando ela é aberta, o bico injeta um spray de agua destilada que entra no cilindro e ‘participa’ da combustão. Pela pouca quantidade de água e temperatura baixa, esse spray permite que, na combustão, a temperatura do motor não seja tão elevada.

Desta forma, em aceleração total, o motor funciona por mais tempo com máxima pressão de turbo e antecipando o ponto de faísca e assim produzindo mais potência. Segundo a BMW, no M4 GTS, a injeção de água aumenta a cavalaria do modelo em 5%.

Além disso, a Bosch declara que, dependendo do foco dado no desenvolvimento do motor, esse sistema diminui o consumo de combustível em até 13%. A emissão de gases também pode diminuir em até 4%.

Dependendo do tamanho do tanque e do estilo de condução, a Bosch diz que o tanque de água dever ser reabastecido a cada 3 mil km.

 

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas