Vendas de usados crescem 1,7% e de novos caem 20%

Foram quase quatro milhões de usados este ano; veja os modelos mais vendidos

WM1 / Junho 2015
Arquivo

Não é novidade que as boas vendas de carros usados este ano são resultado da migração de consumidores, que estão trocando o novo pelo seminovo. O mercado de usados já vem mostrando vigor desde o ano passado, período em que as vendas de novos atravessava um momento de baixa.

Na comparação janeiro-maio deste ano com o mesmo período dos últimos dois anos (2013 a 2015), a venda de carros usados cresceu 7,2%, enquanto as vendas de novos caíram 214,2%. Na comparação com os cinco primeiros meses do ano passado, as vendas de usados subiram 1,7% e a de novos caíram 20%

Segundo a Fenauto – associação dos revendedores de carros usados –o ritmo de comercialização vem se mantendo em alta. Em maio foram vendidas 825.295 unidades, contra 793.784 em abril, um aumento de 4%.

No acumulado de janeiro a maio foram vendidos quase quatro milhões de carros e comerciais leves (3.960.156), contra 3.895.232 no mesmo período do ano passado.

Na lista dos carros usados mais vendidos no acumulado do ano, o Gol segue líder com 439.926 unidades vendidas, seguido pelo Uno (261.224) e Palio (240.289).

“Os números de maio mostram um movimento de acomodação em patamares positivos. Acredito que um comprador que esteja bem informado sobre as condições que o mercado de seminovos está oferecendo, pode realizar um bom negócio, já que temos bons estoques e muitas oportunidades nas lojas”, disse Ilídio dos Santos, presidente da Fenauto.

“Na ponta do lápis, um seminovo oferece uma excelente relação de custo benefício, que pode agradar em cheio a quem deseja ter um veículo em boas condições por um preço justo e dentro do seu orçamento”, concluiu Ilídio.

Ranking dos usados mais vendidos no ano