Newsletter
Share

Redes Sociais

Porsche Cayenne

Marcas de luxo lideram campanhas de recall em 2016

Porsche fez 14 das 122 chamadas realizadas no ano no Estado de São Paulo

WM1 / 11/01/2017 às 19:00

Ter um carro luxo não significa que você terá menos dor de cabeça. As montadoras de carros premium foram as que mais convocaram recalls em 2016, de acordo com o Procon-SP, órgão estatal que atua em defesa do consumidor. A Porsche foi a marca que mais fez campanhas, com 14 convocações de usuários, seguida pela Jeep (11) e Mercedes-Benz (7).

As japonesas (que têm fama de não quebrarem) Toyota e Subaru também fizeram sete recalls no ano passado, de um total de 122 campanhas no Estado. Isso quer dizer que houve um recall a cada três dias. É um aumento de 5% em relação a 2015, quando foram feitos 166 chamamentos.

Embora 2016 tenha sido um período com mais recalls, eles impactaram menos automóveis do que as campanhas do ano anterior. Foram 1.661.064 carros foram impactados em 2016, contra 2.835.185, em 2015.

Se você desconfia que a maioria dos recalls foram por conta de falhas em sistemas de airbag, está correto. Eles corresponderam a 27 chamamentos no ano passado e atingiram 978.922. Problemas com as bolsas infláveis derivados da empresa Takata já foram motivo para recall de mais de 30 milhões de veículos no mundo, desde 2013.

Depois dos airbags, sistemas de freio foram os que mais apresentaram falhas, com 16 campanhas. Depois aparecem os sistemas elétricos/eletrônicos (15), seguido de sistemas de combustível (11) e componentes de motor (10).

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WM1 está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas