Relembre os 8 carros de Ken Block no Gymkhana

Astro dos vídeos de drift renovou contrato com a Ford para a disputa do Mundial de RallyCross

WM1 / Janeiro 2016
Arquivo

O piloto Ken Block renovou contrato com a Ford e vai disputar a edição 2016 do Campeonato Mundial de Rallycross, que começa em abril, com a etapa de Portugal. Só que o norte-americano nunca foi campeão da modalidade e acabou ficando mais conhecido pelos vídeos insanos de drift por grandes metrópoles que fazem parte da série chamada Gymkhana.

Mas a Ford diz que em 2016 vai ser diferente e o foco de Block será o título de rali. Será mesmo? Só esperamos que o dono da preparadora Hoonigan não deixe os fãs órfãos de suas manobras neste ano.

Por vias das dúvidas, resolvemos relembrar os oito carros que já passaram pelas mãos do piloto nos vídeos da Gymkhana. Dá uma olhada:

1 - SUBARU IMPREZA WRX STI 2006

Quando Ken Block começou com esse negócio de Gymkhana ele ainda era piloto da Subaru com Campeonato Mundial de Ralicross. Os dois primeiros vídeos da série foram feitos com um Subaru Impreza WRX STI. No primeiro, o hatch de 2006 tinha preparação Crawford Performance e motor de 530 cv. Relembre o vídeo.

2 – SUBARU IMPREZA WRX STI 2008

Na segunda edição da série, o Subaru Impreza WRX STI era ano 2008. O carro preparado tinha 1.258 quilos e era 272 kg mais leve que o hatch convencional.

A Hoonigan nem existia na época e o carro continuou com preparação Crawford. O motor entregava 585 cv o que permitia com que o Impreza chegasse aos 100 km/h em 3 segundos. Confira aqui o vídeo.

3 – FORD FIESTA 2011 OLSBERGS MSE

Block assinou com a Ford a partir do Gymkhana 3 (veja o vídeo), em 2010. Para o vídeo feito no autódromo de Linas, na França, o piloto utilizou um Ford Fiesta 2011 preparado pela sueca Olsbergs MSE.

O motor era capaz de entregar 862 cv, mas a equipe preferiu limitar a potência a 659 cv para balancear com o nível de torque necessário para Block realizar as manobras. Com 91,2 kgf.m de força motriz, o Fiesta podia chegar aos 100 km/h em 1,9 segundos.

O mesmo carro foi usado no Gymkhana 4, gravado em Hollywood, Estados Unidos.

4 – FORD FIESTA 2011 HOONIGAN

A Hoonigan entrou em ações a partir do Gymkhana 4 (confira o vídeo), mas utilizou a base do mesmo Ford Fiesta 2011 da terceira edição da série. Na verdade, o motor Ford EcoBoost 2.0 foi mexido pelo PIPO para entregar 600 cv e 92 kgf.m de torque.

Outros componentes de receitas anteriores continuaram no Fiesta: Turbocharger Garrett TR30R, transmissão sequencial de seis marchas Saved, suspensão Reiger, sistema eletrônico Cosworth, freios Brembo e bancos Recaro.

5  - FORD FIESTA 2012

A atualização do Fiesta para a linha 2012 teve poucas mudanças relevantes para o Gymkhana 5 (veja aqui o vídeo). Foi mantido o motor de 600 capaz de levar o hatch da inércia aos 100 km/h em 1,8 segundos pelas ruas de San Francisco, na Califórnia.

6 – FORD FIESTA ST 2013 RX43

Esteticamente, a evolução foi grande do Fiesta convencional para o Fiesta ST do Gymkhana 6. Aliás, ficou mais por conta do widebody mesmo porque a entrega de potência continuou nos 600 cv e o mesmo 0 a 100 km/h de 1,8 s do Fiesta 2012. Confira a performance do carro aqui.

7 – FORD MUSTANG 1965

Em 2014, o negócio ficou sério. Chamado de Hoonicorn, a equipe de Block em parceria com a ASD Motorsports preparou um Mustang 1965 para entregar monstruosos 845 cv pelas ruas de Los Angeles.

O carro chegou a ser exposto no SEMA Show (maior salão de preparados do mundo) e destacava-se por um V8 aspirado em conjunto com transmissão Sadev, rodas fifteen52, pneus Pirelli semi-slick e tração AWD.

Veja aqui o desempenho do monstro.

8 – FORD ESCORT 1978 MKII RS

O último Gymkhana (veja o vídeo aqui) produzido utilizou um clássio da Ford com um design mais purista com widebody assinado pela japonesa Rocket Bunny.

O motor 2.5 foi mexido pela Millington com possibilidade de produzir 333 cv de potência aos 9.000 rpm. O gerenciamento dele ficou a carrgo de um câmbio sequencial de seis marchas e contou com tração integral.

Com combustível de alta octanagem correndo pelas veias, a equipe de jornalistas do WebMotors está sempre acelerando em busca das informações mais relevantes para quem está à procura do melhor negócio ou é apenas mais um aficionado por carros!

Matérias relacionadas