Passat Dacon foi sonho de consumo nos anos 80

Rodas de aro 16, faróis da Hella e ragtop eram diferenciais do modelo

WM1 / 29/05/2015 às 09:33atualizado 10/07/2016 às 14:55
Arquivo

Dacon. Esse nome certamente fez muitos leitores lembrarem de uma época muito específica das noites paulistanas. Quando muita gente passava longos minutos admirando o showroom localizado na esquina da Avenida Brigadeiro Faria Lima e sonhando em ver uma daquelas máquinas na garagem.
 
A história dessa equipe de corridas, concessionária e verdadeira fábrica de sonhos começou na década de 60, com os Fusca e Karmann-Ghia com motor Porsche, e evoluiu para personalização de modelos da Volkswagen, como Brasília, Fusca, SP2 e Passat.  
 
Nessa semana trago um Passat customizado no estilo Dacon. Rodas phone dial de 16 polegadas, em um contexto mais moderno, já que as originais da época eram de 14, faróis auxiliares da Hella e o famoso ragtop.

O motor é de 1,5 litro, com 78 cv e um desempenho satisfatório para o contexto. Esse exemplar traz o propulsor original, mas a Dacon também fazia preparações sob medida, garantindo potência de sobra para os rachas de final de semana.
 
O Passat, este de 1982, foi um dos melhores e mais bem-sucedidos modelos vendidos pela marca alemã no Brasil.  O estilo é perfeito para o contexto, a dirigibilidade excelente e o comportamento em curvas bastante elogiável.
 
A Dacon como marca encerrou suas atividades há mais de 20 anos. Mas o espírito de customização e exclusividade de seus modelos permanece na mente de todos aqueles que verdadeiramente gostam de carro. Em breve teremos mais criações dessa oficina que escreveu seu nome na história automotiva brasileira.